De Repente

Sempre amei uma boa história de uma garota comum que descobre fazer parte da realeza. Elas alimentam minha ideia de que um dia um parente distante vai aparecer na porta da minha casa dizendo que sou uma princesa perdida – ou só avisando que um familiar que nunca conheci deixou uma herança muito grande para mim. Como nenhuma dessas coisas vai acontecer, me contento com a ficção.

Samantha Rousseau nunca teve o mesmo sonho que eu, mas ela descobre que sua família faz parte de um ducado em um pequeno país chamado Lilaria. Seus antepassados fugiram para os Estados Unidos gerações antes, fugindo de uma guerra, mas a atual rainha quer reencontrar as ramificações perdidas da realeza. A jovem bióloga especialista em aves resolve se mudar para o país, onde possui propriedades, bens e, acima de tudo, pode oferecer um tratamento melhor para o pai com câncer.

Claro que no meio dessa história temos um príncipe – dessa vez, um de verdade – chamado Alex que vai balançar o coração da “duquesa americana”.

A história é fofa, romântica e previsível. E isso não é um problema. A escrita de Chase nos guia pela vida de Samantha, sem grandes intrigas políticas ou pessoas querendo puxar seu tapete agora que voltou para restabelecer seu título. Não há vilões na história, nem alguém tentando sabotá-la ou conspirações. Acho que senti um pouco de falta disso. A transição de Samantha de plebeia para integrante da realeza é tranquila, sem muitos percalços.

Seu maior problema são os paparazzi, que causam momentos bem desconfortáveis para a protagonista. Sua maior dificuldade nessa mudança de vida é lidar com a esfera pública e perder sua privacidade. A autora escreve isso de forma muito agradável e divertida.

Os personagens são adoráveis. Você quer abraçar quase todos eles durante a leitura. Sim, disse “quase”. Como sempre, há um inconveniente ou outro. Mas quem nunca cruza com gente insuportável na vida?

O romance entre a protagonista e o príncipe é o que ganha mais destaque no livro. Os dois são uns amores e daqueles casal que a gente ama shippar, pois sabe que teremos finais felizes e muitas cenas fofas.

É um livro leve e com um enredo já batido, mas uma leitura agradável e super ágil para ler quando queremos espairecer. Eu adorei a história e já quero ler a continuação. Se você gostou de “Simplesmente Ana” e “De repente, Ana”, da Marina Carvalho, ou é fã da série “O diário da princesa”, com certeza vai se divertir com “De repente”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s